Como é o tratamento?

No decorrer da vida nós adquirimos alguns desalinhamento na coluna que chamamos de "Complexos de Subluxação Vertebral" com os nossos maus hábitos posturais, alimentares e por mantermos nosso corpo em um estresse constante.     Quanto mais desses desalinhamentos nós acumulamos em nossa coluna, mais rápido ela envelhecerá, trazendo consequências de dor e diminuição de mobilidade.

A Quiropraxia lida com esses desalinhamentos através dos ajustes, reeducações posturais e prescrição de exercícios.

O método de tratamento consiste em 5 passos:

            1ª consulta - Avaliação Quiroprática e Ajustes Quiropráticos:

             Nessa primeira consulta o paciente assinará um termo de consentimento e um questionário de saúde. Após o preenchimento será avaliado por um Quiropraxista que utilizará de alguns testes quiropráticos e ortopédicos para definir o melhor plano de ajustes a ser desempenhado. 

Ao término da avaliação o paciente passará pelos procedimentos quiropráticos com o objetivo de já aliviar o desconforto e de compreender o quanto o corpo esta favorável para os ajustes e o tratamento quiroprático.

            

            Retorno da Avaliação: Apresentação do plano de tratamento:

            Essa consulta acontece normalmente no 6º dia após a primeira. O paciente passará por uma reavaliação para o Quiropraxista averiguar o grau de receptividade do procedimento realizado e traçará o plano de tratamento que melhor se adequar ao paciente, como tempo de tratamento, duração e intervalo das consultas. Esta etapa é fundamental pois a quantidade de consultas/sessões dependerá da lesão, estado físico do paciente e a sua receptividade ao tratamento.

             Fase aguda ou inflamatória: 

             Neste momento o paciente ainda possui sinais inflamatórios no corpo e uma quantidade significativa de “complexos de subuluxação vertebral” que comprometem o funcionamento das suas articulações, músculos e nervos. Para que estas alterações sejam corrigidas, o quiropraxista irá realizar procedimentos específicos de ajustes para que os processos inflamatórios reduzam. Esta fase do tratamento pode variar de acordo com o tipo de lesão e estado físico, necessitando de 2 a 6 sessões com frequência semanal.

             Fase de estabilização:

             Na maioria dos casos, neste momento, os processos inflamatórios já tenham reduzido e grande parte dos desalinhamentos tenham sido corrigidos. Sua mobilidade estará melhor e agora chega o momento de estabilizar as articulações  e os músculos para prevenir que os processos inflamatórios retornem. O processo de estabilização ocorre através de exercícios específicos integrados aos ajustes quiropráticos para dar uma nova memória postural ao seu corpo. Esta fase do tratamento pode variar de 3 a 5 sessões com frequência semanal.

              Fase de manutenção:

Nesta fase a sua coluna estará em perfeito estado de funcionamento. Musculaturas equilibradas, articulações soltas, e a condução elétrica do seu sistema nervoso fluindo livremente. Porém é muito importante adotar iniciativas que previnam o surgimento de novos desalinhamentos. É necessário continuar com os exercícios e recomendações posturais do Quiropraxista e se faz necessário que mensalmente  seja feita um checagem para que os complexos de subluxação vertebral não voltem a se acumular.

 

© 2023 by RENATO HIROSHY

  • @bemestarquiropraxia
  • Bem Estar Quiropraxia
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now